Clientes da empresa receberam ontem um comunicado via e-mail informando que seus dados foram violados

 

Desde ontem, 17 de Abril de 2022, clientes do McDonald’s estão recebendo e-mails com uma mensagem comunicando que seus dados foram violados. A empresa Arcos Dorados, que opera os restaurantes na América Latina e Caribe, já publicou um comunicado para a mídia sobre o assunto com o seguinte texto:

Imagem distribuída a clientes do McDonald’s contendo a mensagem que lhes informa do vazamento de seus dados

A Arcos Dorados, empresa que opera os restaurantes McDonald’s na América Latina e Caribe, esclarece que um dos nossos prestadores de serviços sofreu um incidente, que permitiu o acesso não autorizado a dados pessoais não sensíveis de alguns clientes da rede no Brasil. Ao tomarmos conhecimento do ocorrido, adotamos as medidas cabíveis, bem como comunicamos a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANDP) e os clientes possivelmente impactados. A Arcos Dorados repudia esta atividade criminosa e trabalha continuamente para reforçar as medidas de proteção dos dados pessoais dos seus clientes. Lamentamos a situação e disponibilizamos canais de comunicação para esclarecer quaisquer dúvidas dos consumidores.

O comunicado enviado aos clientes explica que o vazamento ocorreu por meio de um dos prestadores de serviços da empresa, sem esclarecer qual tenha sido e afirma que o incidente permitiu “o acesso não autorizado a dados pessoais de alguns de nossos clientes”. Deles, segundo a empresa, não teria havido acesso a dados sensíveis, mas possivelmente foram acessados dados pessoais como nome, estado civil, endereço, e-mail, CPF e número de telefone.

Além de colocar à disposição dos clientes dois endereços de e-mail “para esclarecer dúvidas” a mensagem aos clientes recomenda apenas alguns cuidados com a abertura de email enviados supostamente em nome da empresa. O CISO Advisor não conseguiu contato com a assessoria de imprensa do McDonald’s.

Em 2019, já houve uma exposição de dados da empresa no Brasil, também por parte de uma prestadora de serviços, conforme informado pela empresa francesa OnlineProtek: ficaram expostos mais de 2,3 milhões de registros, incluindo mais de 1 milhão de informações pessoais de funcionários. Já houve também vazamentos do McDonald’s em outros países, como nos EUA em 2010, além de Coreia do Sul e Taiwan no ano passado segundo informações da CNN.

 

Fonte: https://www.cisoadvisor.com.br/mcdonalds-brasil-enfrenta-vazamento-de-dados/