Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul sofre ataque hacker

Erivelto Tadeu
11/11/2020

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) informou que o sistema processual eletrônico foi alvo de um ataque hacker na tarde desta quarta-feira, 11. A página do sistema de peticionamento, o eproc, foi adulterada e uma crítica à Justiça foi postada. Segundo o tribunal, os processos judiciais e os bancos de dados não foram atingidos. 

A Direção de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJRS informou que o hotsite informativo do eproc foi adulterado por hackers, porém sem comprometimento dos sistemas do tribunal. O órgão também informou que as alterações foram corrigidas e medidas de segurança foram adotadas para impedir novos ataques e rastrear os responsáveis pelo crime.

Desde a semana passada, vários órgãos públicos tem sido alvo de ataques cibernéticos. O mais grave ocorreu no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Um hacker conseguiu criptografar e bloquear o acesso aos dados do tribunal.

No entanto, de acordo com o STJ, as informações sobre os mais de 255 mil processos judiciais, contas de e-mail e contratos administrativos permaneceram íntegras e estão preservadas em um sistema de backup. Mas, mesmo tendo sido recuperados, eles foram capturados pelo hacker, que adicionou chaves de criptografia ao sistema. Por esse motivo, os advogados temem que dados sensíveis de seus clientes sejam vazados ou eles venham a ser chantageados individualmente pelo hacker.